Resíduo = tijolo - Thiago Branquinho

Resíduo = tijolo

As pessoas não percebem, mas quando elas descartam algo, uma longa jornada começa para o resíduo. Na maioria das vezes, o material vai parar onde não devia, sendo despejado de volta na natureza. Por outras, aparecem pessoas para dar uma nova vida ao resíduo, transformando-o em matéria-prima.

Tecnicamente, eu já sabia que era possível fazer tijolos a partir de resíduos (afinal, o trabalho na Lix0 oferece experiências diversas). Mas hoje me dei conta da variedade de tipos tijolos feitos a partir do que, aparentemente, não servia para mais ninguém. Esses tijolos oferecem custo competitivo e, em alguns casos, benefícios como isolamento acústico e térmico.

Clique nos links e confira os exemplos:

Aproveito para compartilhar os 15 minutos de palestra “LIXO URBANO X LUXO HUMANO”, feita pelo Robson Borges, da CooperLiberdade, no TEDx Metrópole em 2014:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *